WikiAnt

Limoges



Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Limoges (desambiguação).

Limoges (em occitano: Lemòtges ou Limòtges) é uma cidade de França, capital do departamento de Alto Vienne, na região Nova Aquitânia. A população da área urbana é de 248 000 habitantes (138 000 na cidade).

Limoges
  Comuna francesa França  
Imagens de Limoges
Símbolos

Brasão de armas
Localização
Localização de Limoges na França
Coordenadas 45° 51' N 1° 15' E
País  França
Região Nova Aquitânia
Departamento Alto Vienne
Características geográficas
Área total 78,03 km²
População total (2018) [1] 133 742 hab.
Densidade 1 714 hab./km²
Altitude 294 m
Código Postal 87000, 87100, 87280
Código INSEE 87085
Sítio http://www.ville-limoges.fr/

Limoges é conhecida mundialmente pelo seus esmaltes medievais (esmaltes de Limoges) sobre cobre, pela sua porcelana (porcelana de Limoges) e pelos seus barris de carvalho que são usados na produção de conhaque. O adjetivo pátrio referente a Limoges é limusino.

Índice


História

Limoges foi fundada por volta de 10 a.C. pelo imperador César Augusto com o nome de Augustórico (em latim: Augustoritum). Foram construídos vários monumentos romanos: uma ponte de pedra, um fórum, termas, um anfiteatro, um teatro, aquedutos subterrâneos, ruas no formato ortogonal, e moradias luxuosas.

A partir do início do século IV a cidade foi perdendo população e ocorreram alguns saques.

A cidade de Limoges foi famosa na Idade Média pelos seus esmaltes sobre cobre.

O sindicato francês CGT-Confédération Générale du Travail foi fundado em Limoges a 23 de Setembro de 1895.

Limoges foi um dos centros da resistência francesa à ocupação nazi na segunda guerra mundial.


Geografia

Limoges está situada nas margens do rio Vienne, a 150 km do oceano Atlântico. Marca o início da zona montanhosa denominada Massif Central.


Zonas industriais

Limoges possui várias zonas industriais: Nord (ZIN) no norte, a de Magré-Romanet, e no sul a de route du Palais.


Porcelana

Em 1771 a argila de caulino, indispensável para a produção de porcelana foi descoberta em Saint-Yrieix-la-Perche, localidade perto de Limoges. Impulsionado pelo economista Turgot ocorreu o desenvolvimento da indústria cerâmica, e a porcelana de Limoges tornou-se famosa durante o século XIX.


Ensino

Em 1968 foi fundada a Universidade de Limoges.

Filhos da terra

Limoges é a cidade natal de:

Cidades geminadas


Ver também


Ligações externas

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Limoges

Referências

  1. «Populations légales 2018. Recensement de la population Régions, départements, arrondissements, cantons et communes» . www.insee.fr (em francês). INSEE. 28 de dezembro de 2020. Consultado em 13 de abril de 2021




Fonte


Data da informação: 20.09.2021 04:17:30 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença do texto: CC-BY-SA-3.0. Os autores e licenças das imagens individuais e dos media podem ser encontrados na legenda ou podem ser exibidos clicando na imagem.

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Nota importante Uma vez que o conteúdo dado foi adquirido por máquina da Wikipedia na altura indicada, um exame manual foi e não é possível. Portanto, pwiki.org não garante a exactidão e a actualidade do conteúdo. Se entretanto as informações estiverem erradas ou se estiverem presentes erros na representação, pedimos-lhe que nos contacte: email.
Veja também: Impressão & Política de Privacidade.