WikiAnt

Partido Socialista (França)



O Partido Socialista (em francês: Parti socialiste, PS) é um partido político social-democrata da França[2].

Partido Socialista
Parti Socialiste
Primeiro-secretário Olivier Faure
Porta-voz Johanna Rolland
Boris Vallaud
Gabrielle Siry
Pierre Jouvet
Dieynaba Diop
Fundação 1905 (SFIO)

1969 (PS)

Sede 99, Rue Molière

94200 Ivry-sur-Seine, Paris,  França (desde 2018)

Ideologia Atual:
Social-democracia
Progressismo
Europeísmo
Social-ecologia

Histórica:
Anticapitalismo
Marxismo

Espectro político Atual:
Centro-esquerda

Histórica:
Esquerda

Publicação Le Populaire (até 1970)
Ala jovem Movimento Socialista Jovem
Antecessor Secção Francesa da Internacional Operária
União de Grupos e Clubes Socialistas
Convenção de Instituições Republicanas (1971)
Objetivo Socialista (1975)
Membros (2018) 37.014[1]
Afiliação internacional Internacional Socialista
Aliança Progressista
Afiliação europeia Partido Socialista Europeu
Grupo no Parlamento Europeu Aliança Progressista dos Socialistas e Democratas
Assembleia Nacional Francesa
Senado da França
Parlamento Europeu
Conselhos Regionais
Cores Rosa e Vermelho
Página oficial
http://www.parti-socialiste.fr/

Índice


História

A origem do PS remonta a 1905 e à fundação da Secção Francesa da Internacional Operária (SFIO), que, desde a sua fundação, ocupou o espaço do socialismo democrático e da social-democracia na política francesa[3]. Apesar de a SFIO ter tido um papel importante, em especial, na resistência ao nazismo durante a Segunda Guerra Mundial, o partido viu-se ultrapassado pelo Partido Comunista Francês, como o maior partido da esquerda francesa[4]. Com o aparecimento do gaullismo em 1958, a SFIO tornou-se cada mais irrelevante, sendo, na década de 1960, o terceiro partido francês, após os gaullistas e os comunistas.

Numa tentativa de renovação e de recuperar influência eleitoral e política, a SFIO decidiu refundar-se como Partido Socialista em 1969[5]. Em 1971, a eleição de François Mitterand como líder do PS, foi o momento decisivo para o partido[6]. Mitterrand foi eleito líder, com a promessa de chegar a acordo, o mais depressa possível, com os comunistas franceses para travar o domínio gaullista e impôr um programa socialista na França[7]. Este acordo foi assinado em 1972, e, como era desejado pelos socialistas, mas não esperado pelos comunistas, com este acordo eleitoral, o PS conseguiu afirmar-se como o maior partido de esquerda na França[8]. Em 1981, o PS atingia o seu auge, ao conseguir que Mitterrand se tornasse o primeiro presidente socialista da França[9], além de, nas eleições legislativas desse mesmo ano, o partido tornar-se, pela primeira vez, o maior partido francês, conquistando 37,5% dos votos[10].

Inicialmente, o PS cumpriu a sua promessa de implementação de um programa socialista, nacionalizando diversos sectores da economia e aumentando salários e pensões[11][12], mas, a partir de 1986, o partido reverteu muitas das nacionalizações que tinha efectuado e embarcou num programa de liberalização económica[13][14].

A partir da década de 1990, o PS afastou-se do socialismo que tinha defendido até ao início da década de 1980, passando a defender a reforma do Estado Social e maior liberalização económica, embora, ao contrário de outros congéneres europeus, nunca tenha seguido uma linha de Terceira Via[15]. Apesar de ter formado governo em 1997, coligado com comunistas e ecologistas, o PS, após a saída de Mitterrand em 1995, obteve péssimos resultados, como disso foram exemplos o falhanço de Jospin em passar à segunda volta das eleições presidenciais de 2002.[16] ou, os 16,5% conseguidos nas eleições europeias de 2009[17].

Em 2012, o PS voltou a obter grandes resultados coma eleição para presidente da França de François Hollande, que havia se tornado em 1995 presidente do PS. No mesmo ano, o partido obtém a maioria parlamentar nas eleições legislativas[18].

Apesar da vitória em 2012, o partido socialista sofre com diversas rebeliões internas da sua ala esquerda que protesta contra o programa de austeridade proposto por Hollande[19]. Esta contestação aumenta com a nomeação para primeiro-ministro de Manuel Valls, membro da ala liberal do partido. Vários deputados do PS votam contra medidas propostas por Manuel Valls[20], provocando a ruina do governo e, por conseguinte, a impossibilidade de Hollande de se recandidatar à presidência em 2017.

Manuel Valls falha em sua tentativa de ser investido pela primária do PS para a eleição presidencial. O candidato escolhido pelo partido, Benoît Hamon, fracassa completamente nas urnas: com 6,36 % dos votos, seu resultado é o pior da história do partido desde a derrota de Gaston Deferre, em 1969, que tinha alcançado apenas 5,01%.[21]


Resultados eleitorais

Eleições presidenciais

Data Candidato 1ª Volta 2ª Volta
CI. Votos % CI. Votos %
1974 François Mitterrand 1.º 11 044 373
2.º 12 971 604
1981 2.º 7 505 960
1.º 15 708 262
1988 1.º 10 381 332
1.º 16 704 279
1995 Lionel Jospin 1.º 7 098 191
2.º 14 180 644
2002 3.º 4 610 113
2007 Ségolène Royal 2.º 9 500 112
2.º 16 790 440
2012 François Hollande 1.º 10 272 705
1.º 18 000 668
2017 Benoît Hamon 5.º 2 268 838

Eleições legislativas

Data 1ª Volta 2ª Volta Deputados +/- Status
CI. Votos % +/- CI. Votos % +/-
1973 3.º 4 579 888
2.º 5 564 610
Oposição
1978 2.º 6 451 151
Aumento3,4 1.º 7 212 916
Aumento4,6
Aumento15 Oposição
1981 1.º 9 077 435
Aumento14,9 1.º 9 198 332
Aumento21,0
Aumento165 Governo
1986 2.º 8 693 939
Baixa6,5
Baixa63 Oposição
1988 1.º 8 493 602
Aumento3,8 1.º 9 198 778
Aumento57 Governo
1993 3.º 4 476 716
Baixa17,2 1.º 6 143 179
Baixa14,3
Baixa207 Oposição
1997 1.º 5 961 612
Aumento5,9 1.º 9 722 022
Aumento7,2
Aumento202 Governo
2002 2.º 6 086 599
Aumento0,6 2.º 7 482 169
Baixa2,9
Baixa115 Oposição
2007 2.º 6 436 520
Aumento0,6 2.º 8 624 861
Aumento7,0
Aumento46 Oposição
2012 1.º 7 617 996
Aumento4,7 1.º 9 420 426
Baixa1,4
Aumento94 Governo
2017 5.º 1 685 667
Baixa22,0 5.º 1 032 985
Baixa35,2
Baixa251 Oposição

Eleições senatoriais

Data Cl. Deputados +/- Status
1974 3.º
Minoria
1977 1.º
Aumento11
1980 1.º
Aumento7
1983 2.º
Aumento1
1986 3.º
Baixa6
1989 3.º
Aumento2
1992 2.º
Aumento4
1995 2.º
Aumento5
1998 2.º
Aumento3
2001 2.º
Aumento5
2004 2.º
Aumento14
2008 2.º
Aumento19
2011 1.º
Aumento24 Maioria
2014 2.º
Baixa19 Minoria
2017 2.º
Baixa33
2020 2.º
Baixa12

Eleições europeias

Data CI. Votos % +/- Deputados +/-
1979 2.º 4 763 026
1984 2.º 4 188 875
Baixa2,7
Baixa2
1989 2.º 4 286 354
Aumento2,8
Aumento2
1994 2.º 2 824 173
Baixa9,1
Baixa7
1999 1.º 3 873 901
Aumento7,5
Aumento7
2004 1.º 4 960 756
Aumento6,9
Aumento9
2009 2.º 2 838 160
Baixa13,4
Baixa17

Estável

2014 3.º 2 649 202
Baixa2,5
Baixa2
2019 6.º 1 402 143
Baixa7,8
Baixa9

Membros famosos

Membros Notáveis Principal ocupação
Alexandre Millerand 12º Presidente da França
Anne Hidalgo 14ª Prefeita de Paris
Aristide Briand Primeiro-Ministro da França (6 vezes)
Bertrand Delanoë 13ª Prefeito de Paris
Claude Allègre Ministro da Educação Nacional, Pesquisa e Tecnologia
Dominique Strauss-Kahn 10º Diretor Geral do Fundo Monetário Internacional
Édith Cresson Primeira-Ministra da França
François Hollande 24º Presidente da França
François Mitterrand 21º Presidente da França
Jack Lang Ministro da Educação Nacional
Jacques Delors 8º Presidente da Comissão Europeia
Jean Jaurès Presidente do Partido Socialista Francês
Jules Guesde Ministro de Estado
Laurent Fabius Primeiro-Ministro da França
Léon Blum Primeiro-Ministro da França (3 vezes)
Lionel Jospin Primeiro-Ministro da França
Martine Aubry 44ª Prefeita de Lille
Michel Rocard Primeiro-Ministro da França
Pascal Lamy 5º Diretor-Geral da Organização Mundial do Comércio
Paul Lafargue
Paul Ramadier Primeiro-Ministro da França
Pierre Bérégovoy Primeiro-Ministro da França
Pierre Mauroy Primeiro-Ministro da França
Robert Badinter Ministro da Justiça
Ségolène Royal Ministra do Ambiente, Energia e do Mar
Vincent Auriol 16º Presidente da França

Ligações externas


Referências

  1. Congrès du PS : quatre fois moins de votants en dix ans 12 de setembro de 2021.
  2. «Parties and Elections in Europe» . parties-and-elections.eu. Consultado em 15 de abril de 2016
  3. «Socialist parties: In France» . www.infoplease.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  4. «Socialist parties: In France» . www.infoplease.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  5. «Socialist parties: In France» . www.infoplease.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  6. «Congrès du Parti Socialiste PS» . www.france-politique.fr. Consultado em 15 de abril de 2016
  7. Evans, Jocelyn (8 de novembro de 2003). The French Party System (em inglês). [S.l.]: Manchester University Press. ISBN 9780719061202
  8. Evans, Jocelyn (8 de novembro de 2003). The French Party System (em inglês). [S.l.]: Manchester University Press. ISBN 9780719061202
  9. Evans, Jocelyn (8 de novembro de 2003). The French Party System (em inglês). [S.l.]: Manchester University Press. ISBN 9780719061202
  10. Evans, Jocelyn (8 de novembro de 2003). The French Party System (em inglês). [S.l.]: Manchester University Press. ISBN 9780719061202
  11. «The main political parties in France - About-France.com» . about-france.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  12. «Socialist parties: In France» . www.infoplease.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  13. «Socialist parties: In France» . www.infoplease.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  14. «The main political parties in France - About-France.com» . about-france.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  15. «The main political parties in France - About-France.com» . about-france.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  16. «Socialist parties: In France» . www.infoplease.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  17. «The main political parties in France - About-France.com» . about-france.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  18. «Socialist parties: In France» . www.infoplease.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  19. «The main political parties in France - About-France.com» . about-france.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  20. «The main political parties in France - About-France.com» . about-france.com. Consultado em 15 de abril de 2016
  21. «Après la déroute de Hamon, le PS au bord du gouffre» . Le Monde.fr (em francês). 24 de abril de 2017. Consultado em 6 de maio de 2021




Fonte


Data da informação: 19.09.2021 02:11:29 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença do texto: CC-BY-SA-3.0. Os autores e licenças das imagens individuais e dos media podem ser encontrados na legenda ou podem ser exibidos clicando na imagem.

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Nota importante Uma vez que o conteúdo dado foi adquirido por máquina da Wikipedia na altura indicada, um exame manual foi e não é possível. Portanto, pwiki.org não garante a exactidão e a actualidade do conteúdo. Se entretanto as informações estiverem erradas ou se estiverem presentes erros na representação, pedimos-lhe que nos contacte: email.
Veja também: Impressão & Política de Privacidade.