WikiAnt

Reino (biologia)



Disambig grey.svg Nota: Se procura por outros significados de Reino, veja Reino.

O Reino é a categoria superior da classificação científica dos organismos introduzida por Linnaeus no século XVIII.

A hierarquia de classificação científica dos oito maiores táxons.

Quando Carl Linnaeus introduziu o sistema hierárquico de nomenclatura na biologia em 1735, o posto mais alto recebeu o nome de "reino" e foi seguido por quatro outras categorias principais: classe, ordem, gênero e espécie. Originalmente, Lineu considerou as coisas naturais no mundo divididas em dois reinos:

Os reinos são subdivididos em filos (para o reino animal) ou divisões (para as plantas).

Quando se descobriu os organismos unicelulares, estes foram divididos entre os dois reinos de organismos vivos. As formas com movimento foram colocadas no filo Protozoa e as formas com pigmentos fotossintéticos na divisão Algae. As bactérias foram classificadas em várias divisões das plantas.

Com a falta de comunicação existente naquele tempo, certas espécies - por exemplo, a Euglena, que é verde e móvel - foram classificadas umas vezes como plantas, outras vezes como animais. Então, por sugestão de Ernst Haeckel, foi criado um terceiro reino de organismos vivos, o reino Protista para acomodar estas formas.

Herbert Copeland introduziu um quarto reino para as bactérias, que têm uma organização celular procariótica, enquanto que os organismos dos restantes três reinos são formados por organismos eucarióticos. Ele chamou a este reino Mychota, nome que foi mais tarde substituído por Monera (que significa formas primitivas).

Robert Whittaker incluiu os fungos no reino Fungi, ficando a haver três reinos para organismos multicelulares:

e mais dois reinos para os organismos unicelulares ou coloniais:

  • Protista - Reino das Algas Unicelulares e dos Protozoários, há ainda uma discussão para a criação do Reino Algae, para as algas.
  • Monera - Reino das Bactérias e Cianobactérias (ou algas azuis)

OBS.: O Reino Fungi atualmente compreende seres tanto multicelulares quanto unicelulares.

Este sistema dos cinco reinos ainda é bastante usado na literatura científica.

Um outro sistema foi proposto para incluir os vírus, com seis reinos, divididos por três super-reinos e o grupo supremo, o Superdomínio Biota:

Recentemente, no entanto, novas investigações sobre a filogenia dos organismos levaram a um novo sistema de classificação, a cladística. A mais importante foi a descoberta de Carl Woese, em 1977, de que os procariotas compreendiam dois grupos distintos, a que ele chamou Eubacteria e Archaebacteria que foram denominadas mais tarde, por ele, como Bacteria e Archaea.

Esta descoberta levou ao sistema de classificação cladístico dos organismos em três Domínios, que se pretendia que fossem um substituto dos Reinos, mas que acabou por ser usado como um "super-reino" (se bem que ainda possa ser utilizada a proposta dos super-reinos, pois no reino Monera os domínios Bacteria e Archaea são sub-reinos).


Evolução dos sistemas de classificação

O quadro abaixo mostra as relações entre estes sistemas de classificação:

Linnaeus
1735[1]
Haeckel
1866[2]
Chatton
1925[3][4]
Copeland
1938[5][6]
Whittaker
1969[7]
Woese et al.
1977[8][9]
Woese et al.
1990[10]
Cavalier-Smith
1993[11][12][13]
Cavalier-Smith
1998[14][15][16]
2 reinos 3 reinos 2 impérios 4 reinos 5 reinos 6 reinos 3 domínios 8 reinos 6 reinos
(não tratado) Protista Prokaryota Monera Monera Eubacteria Bacteria Eubacteria Bacteria
Archaebacteria Archaea Archaebacteria
Eukaryota Protoctista Protista Protista Eukarya Archezoa Protozoa
Protozoa
Chromista Chromista
Vegetabilia Plantae Plantae Plantae Plantae Plantae Plantae
Fungi Fungi Fungi Fungi
Animalia Animalia Animalia Animalia Animalia Animalia Animalia



Referências

  1. LINNAEUS, C. (1735). Systemae Naturae, sive regna tria naturae, systematics proposita per classes, ordines, genera & species. [S.l.: s.n.]
  2. HAECKEL, E. (1866). Generelle Morphologie der Organismen. [S.l.]: Reimer, Berlin
  3. CHATTON, É. (1925). «Pansporella perplexa. Réflexions sur la biologie et la phylogénie des protozoaires». Annales des Sciences Naturelles - Zoologie et Biologie Animale. 10-VII: 1–84
  4. CHATTON, É. (1937). Titres et Travaux Scientifiques (1906–1937). [S.l.]: Sette, Sottano, Italy
  5. COPELAND, H. (1938). «The kingdoms of organisms». Quarterly Review of Biology. 13: 383–420. doi:10.1086/394568
  6. COPELAND, H.F. (1956). The Classification of Lower Organisms. Palo Alto: Pacific Books. doi:10.5962/bhl.title.4474
  7. WHITTAKER, R.H. (1969). «New concepts of kingdoms of organisms». Science. 163 (3863): 150–60. PMID 5762760 . doi:10.1126/science.163.3863.150
  8. WOESE, C.R.; BALCH, W.E.; MAGRUM, L.J.; FOX, G.E.; WOLFE, R.S. (1977). «An ancient divergence among the bacteria». Journal of Molecular Evolution. 9 (4): 305–311. PMID 408502 . doi:10.1007/BF01796092 !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores (link)
  9. WOESE, C.R.; Fox, G.E. (1977). «Phylogenetic structure of the prokaryotic domain: the primary kingdoms» . Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 74 (11): 5088–90. PMC 432104 . PMID 270744 . doi:10.1073/pnas.74.11.5088 !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores (link)
  10. WOESE, C.; KANDLER, O.; WHEELIS, M. (1990). «Towards a natural system of organisms: proposal for the domains Archaea, Bacteria, and Eucarya» . Proceedings of the National Academy of Sciences of the United States of America. 87 (12): 4576–9. Bibcode:1990PNAS...87.4576W . PMC 54159 . PMID 2112744 . doi:10.1073/pnas.87.12.4576 !CS1 manut: Nomes múltiplos: lista de autores (link)
  11. CAVALIER-SMITH, T. (1981). «Eukaryote kingdoms: seven or nine?». Bio Systems. 14 (3–4): 461–481. doi:10.1016/0303-2647(81)90050-2
  12. CAVALIER-SMITH, T. (1992). «Origins of secondary metabolism». Ciba Foundation symposium. 171: 64–80
  13. CAVALIER-SMITH, T. (1993). «Kingdom protozoa and its 18 phyla». Microbiological reviews. 57 (4): 953–994
  14. CAVALIER-SMITH, T. (1998). «A revised six-kingdom system of life». Biological Reviews. 73 (03): 203–66. PMID 9809012 . doi:10.1111/j.1469-185X.1998.tb00030.x
  15. CAVALIER-SMITH, T. (2004). «Only six kingdoms of life» . Proceedings of the Royal Society of London B Biological Sciences. 271: 1251–62. PMC 1691724 . PMID 15306349 . doi:10.1098/rspb.2004.2705
  16. CAVALIER-SMITH, T (2010). «Kingdoms Protozoa and Chromista and the eozoan root of the eukaryotic tree» . Biology Letters. 6 (3): 342–5. PMC 2880060 . PMID 20031978 . doi:10.1098/rsbl.2009.0948
Trilobite clipart-vector.svg
A Wikipédia possui o
Portal da Biologia
  • Whittaker, R.H. (1959). On the broad classification of organisms. Quart. Rev. Biol. 34, 210-226. http://www.jstor.org/stable/2816520
  • Whittaker, R.H. (1969). New concepts of kingdoms of organisms. Science 163, 150-160.




Fonte


Data da informação: 19.09.2021 03:03:40 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença do texto: CC-BY-SA-3.0. Os autores e licenças das imagens individuais e dos media podem ser encontrados na legenda ou podem ser exibidos clicando na imagem.

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Nota importante Uma vez que o conteúdo dado foi adquirido por máquina da Wikipedia na altura indicada, um exame manual foi e não é possível. Portanto, WikiAnt.org não garante a exactidão e a actualidade do conteúdo. Se entretanto as informações estiverem erradas ou se estiverem presentes erros na representação, pedimos-lhe que nos contacte: email.
Veja também: Impressão & Política de Privacidade.